Font Size

Profile

Menu Style

Cpanel

28Junho2017

    

Espaco Aberto

 

Saúde.Caravana Bahia sem Fogo reforça prevenção aos incêndios na região

...

Ação:Prefeitura de Caém inicia reforma da Praça da Matriz
...
Pedido de prisão de Aécio será julgado somente em agosto
...
Avião com 500 quilos de cocaína decolou de fazenda do ministro da Agricultura

...

Palocci é condenado a mais de 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro
...
Senhor do Bonfim: Polícia Civil prende quadrilha do Maranhão especializada em roubos de celulares

...

Filhote de ovelha 'meio bicho, meio homem' provoca pânico em vilarejo na África do Sul

...

Avião que transportava Gilmar Mendes sofre pane elétrica

...

Serrolandense tem Hilux tomada de assalto em Novo Paraíso de Jacobina

...

Chuvas aumentam níveis das Barragens de Pindobaçu e Ponto Novo

      &nb...

19 Abr
Escrito por 

Reforma é para atender os mais pobres, diz Arthur Maia

 

Relator da Reforma da Previdência na Câmara, o deputado baiano Arthur Maia (PPS) comentou nesta quarta-feira, 19, sobre o parecer que será lido ainda nesta manhã. “Estaremos lendo o relatório com os pontos modificados. Elas aconteceram no sentido de ajudar as pessoas mais pobres, humildes e acho que vamos aprovar o relatório na comissão. Quando você é uma parlamentar tem coisas que você pode fazer ou não. A reforma da previdência é fundamental para o país. Outros países que não fizeram a reforma tiveram que diminuir com o tempo, o valor da aposentadoria. Eu como relator, entendo que a gente tem fazer com sinceridade, verdade, explicar o ponto de vista. Nós estamos diante de uma dificuldade política e o governo está reagindo dano ao Brasil uma agenda positiva, com um equilíbrio fiscal”, disse Maia em entrevista à Rádio Metrópole. Segundo o relator, a Reforma é para os mais pobres. “Com o Temer, vimos a inflação e os juros diminuírem, o Brasil vem alcançando um crescimento econômico. Se não fizermos a reforma o Brasil vai amargar a diminuição do PIB. Estamos recuperando a economia porque teve a PEC dos gastos, a PEC da responsabilidade fiscal. O Brasil viveu durante 13 anos uma mentira, o Brasil quebrou. A reforma é para atender os mais pobres”, completou.

Deixe um comentário

Facebook