Font Size

Profile

Menu Style

Cpanel

28Abril2017

    

Espaco Aberto

Itiúba entra em emergência; 4,3 milhões de baianos já são afetados

...

Festa de Maio de Ponto Novo será realizada com redução de custos
&nb...
Saúde.Sindicato dos servidores Públicos Municipais participou da paralisação Nacional

...

Prefeito do Mato Grosso está entre os ganhadores da Mega-Sena

...

Cadeia.Desembargador recua e Adriana Ancelmo não voltará à prisão

...

Prefeitura de Ponto Novo inicia obras de limpeza do Dreno do Bairro Portal das Águas e Oscar Macêdo II
&nb...
Reforma trabalhista: confira como votou cada deputado baiano
...
Prefeitura de Ponto Novo realizou lançamento do projeto “Construindo Leitores”

...

Senador Eunicio Oliveira , sofre isquemia e esta na UTI

...

Motorista preso pela PRF diz ter adquirido documento falso com despachante em Jacobina
...
19 Abr
Escrito por 

Conta de luz dos consumidores baianos vai subir 3%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (18) os reajustes anuais para distribuidoras do Rio Grande do Norte, da Bahia, de Sergipe e do Ceará. As novas tarifas começam a valer no próximo sábado (22).

Para os consumidores atendidos pela Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), a conta de luz vai aumentar 3,11% no caso dos consumidores residenciais, e 4,07% para as indústrias.A distribuidora atende a 1,3 milhões de unidades consumidoras localizadas no estado do Rio Grande do Norte.O reajuste da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) será de 2,82% para os consumidores residenciais e de 3,5% para as indústrias. A Coelba atende a 5,8 milhões de unidades consumidoras em 415 municípios da Bahia.Também haverá aumento para os clientes da Energisa Sergipe Distribuidora de Energia (ESE). A alta será de 8,16% para os consumidores residenciais e de 11,36% para os consumidores industriais.

A empresa atende a 748 mil unidades consumidoras localizadas em 63 municípios sergipanos.A Aneel também definiu que haverá redução de 0,33% nas tarifas para os consumidores residenciais atendidos pela Companhia nergética do Ceará (Coelce). Já para as indústrias atendidas pela distribuidora haverá aumento de 1,44%.A empresa atende a 3,4 milhões de unidades consumidoras localizadas em 184 municípios do Ceará.Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Aneel considera a variação de custos associados à prestação do serviço. O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais.FONTEAgência Brasil

Deixe um comentário

Facebook